1509725595914942

5 de fev de 2016

Nove Livros Que Você Precisa Ler em 2016



2016 ainda está no seu início. E aqui no país muitos dizem que as coisas só começam para valer depois do carnaval. Mas nós não nos encaixamos nisso, ok. Então: Você já começou ou já concluiu alguma leitura este ano? Não? Por que? Não tem ideia de qual livro começar? Bem, nós facilitamos um pouco para você com 9 indicações de livros que você não pode deixar de ler neste ano.

Confira a lista e boa leitura!


Samuel Alves indica O Espírito Santo


Uma compilação extraordinária do "Príncipe dos Puritanos" John Owen. Um livro que merece ser lido em caráter de urgência. Um clássico que o Owen escreveu para dar uma resposta ao racionalismo dos socinianos, ao misticismo dos quakers e ao fanatismo dos entusiastas que alegavam ter revelações diretas de Deus, heresias que existem em nosso tempo e precisam ser combatidas. Super indico este livro!

Morgana Mendonça indica A Doutrina do Arrependimento


Um livro da editora PES, de um grande orientador espiritual do século XVII, pastor e mestre puritano: Thomas Watson. Esse livro me impressionou e me impressiona todas as vezes que volto os meus olhos à sua leitura. Acredito no sentido de urgência da leitura desse texto, que tanto traz conhecimento como fala ao coração. Arrependimento não é algo muito ensinado nos nossos dias, a leitura afeta o leitor sobremaneira com palavras simples e uma honestidade intelectual vibrante. Uma afetada, como eu, só pode recomendar que seja uma leitura anual e programada.

Hugo Wagner indica Grandes Temas da Tradição Reformada


O livro que gostaria de indicar pra vocês é fruto de uma leitura direcionada, feita nas férias para compor o conteúdo da cadeira sobre teologia dos reformadores que irei aplicar nesse semestre no seminário. Organizado e editado por Donald K. McKim, que é um teólogo reformado, presbiteriano, americano e editor. Esse livro da Editora Pendão Real é um ensaio que nos fará entender os principais temas teológicos da tradição reformada. São textos de diversos autores reformados, que seguem duas categorias: A primeira é de uma investigação e desenvolvimento histórico dos principais temas da reforma. A segunda trata de tópicos teológicos na visão dos reformadores (João Calvino, Martinho Lutero, Ulrico Zuíngliu e outros). O enfoque do livro é teológico com uma orientação histórica da reforma. O autor nos coloca diante de diversos debates ocorridos na historia da tradição reformada dos mais diversos temas.     

Alan Rennê indica A Fábrica de Sonhos da Pixar


Escrito por um pastor protestante, este livro nos ajuda a percebermos as visões de mundo e os valores transmitidos por várias das animações do famoso studio Pixar. Filmes como Os Incríveis, Carros, Vida de Inseto, Up - Altas Aventuras etc. são examinados quanto a assuntos como: coragem, amor, ambição, amizade, família, justiça e muitos outros. Em dias de interação paroxísmica como produções culturais é imprescindível estar por dentro dos valores e filosofias transmitidos via cultura popular.

Luciana Barbosa indica Deus é Soberano


Um livro do grande teólogo A.W.Pink. Com certeza a soberania divina é uma das mais belas doutrinas, mas é também tão mal interpretada e ensinada nas igrejas, Pink traz este ensinamento de maneira fácil e compreensível. Tenho certeza que a leitura correta irá esclarecer e desmistificar o mau ensino da mesma.

Thiago Oliveira indica O Cristão e a Cultura


Esta foi a minha última leitura de 2015 e digo: foi a melhor do ano. O livro aborda a questão da arte, da vocação, do secular e do sagrado, das relações em família, tudo isso e mais um pouco de uma forma coerente e bíblica. O autor, Michael Horton, segue a linha reformada. Quem nunca leu que trate de ler e adquirirá uma excelente cosmovisão para viver no mundo, sem ser do mundo. Recomendaria mil vezes se necessário.

Felipe Duarte indica Introdução à Teologia Sistemática


Muito embora Cheung seja um teólogo pouco apreciado em alguns círculos reformados, seus argumentos nesta obra contém a mesma solidez, elucidativa e peculiar do autor, que vemos presente nos seus artigos. Como o Pb. Solano bem prefaciou: “só nos resta dar boas vindas a este livro”.

Thomas Magnum indica Heresia - Uma história em defesa da verdade


O livro é do conhecido escritor Alister Mcgrath que dispensa apresentações. O estrito trata de forma pontual do desenvolvimento da heresia na história do cristianismo desde os primórdios. O problema das controvérsias cristológicas e trinitárias e os documentos conciliares da cristandade. Um livro importante para quem gosta de áreas como teologia sistemática, heresiologia, história da Igreja, história do pensamento cristão e teologia contemporânea. Um diferencial no escrito de Mcgrath é uma aplicação dos efeitos e causas da heresia não apenas nos contextos teológico e eclesiástico, mas, sua extensão a priori e a posteriori na filosofia, sociedade e política.

Thiago Azevedo indica À Procura de Deus


Um livro do A.W Tozer que aponta as nuances e as entrelinhas da busca do homem moderno por Deus, mas que em meio a esta atividade acaba que criando novos deuses e ocupando o lugar que deveria ser único e exclusivo de Deus. Neste livro o autor permite o leitor sentir de perto a espiritualidade que provém de suas palavras como um verdadeiro desague.

Nenhum comentário: