1509725595914942

16 de dez de 2015

Maravilhosa Graça

Por Luciana Barbosa

E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.”

Colossenses 2:13-15

Escutando o sermão do pastor na igreja nesse texto de Paulo aos colossenses, num domingo à noite, me senti mais uma vez constrangida por essa tamanha e maravilhosa graça que me alcançou. Glória a Deus! Tantas vezes falamos da graça de Deus, agradecemos por ela, mas será que temos a real noção e entendimento do que seja a graça de fato? Sabemos qual a sua devida importância para nossa salvação? Podemos começar vendo o conceito de graça e sua extensão em nossas vidas.

Graça é: “O favor eterno e totalmente gratuito de Deus, manifestado na concessão de bênçãos espirituais e eternas a criaturas culpadas e indignas”. A graça não é só dada a pessoas que não tem mérito próprio, como é dada aos que merecem a condenação. Ela é imerecida, ninguém pode reivindicá-la como direito; se o pudesse não seria graça.

A graça está presente em todas as áreas da nossa vida, tudo que temos, somos e que venhamos a ter futuramente vem do Senhor por meio da Sua graça. Vejamos:

a) É por meio da graça que ganhamos salvação;
b) Por meio da graça somos redimidos;
c) Por meio da graça estamos vivos;
d) Por meio da graça levantamos todos os dias;

É pela graça, maravilhosa graça!

Algumas características que encontramos na obra da graça:

A graça é eterna. Ela não surge de uma hora para outra, mas foi idealizada antes de ser manifesta aos homens. Ela nos foi proposta antes de ser comunicada. “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos”, 2Tm 1.9. Foi concedida antes de tudo existir “E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo”. Ap.13.8.

A graça é rica. “E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus”. Ef 2:6-7.

A graça é soberana. Ela é soberana porque reina, no entanto, não podemos nos dar ao luxo de achar que a graça é apenas um presente que nos é oferecida e temos o direito de aceitá-la ou rejeitá-la. Ela é um favor imerecido, isto é, Deus não paga nenhuma dívida a nós, ao contrário, Ele nos concede este gracioso favor pela Sua livre e soberana vontade.Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece. Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu poder, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra. Logo, pois, compadece-se de quem quer, e endurece a quem quer. Dir-me-ás então: Por que se queixa ele ainda? Porquanto, quem tem resistido à sua vontade? Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?” Rm 9:16-20

Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém”, Rm 11:33-36.

É através desta maravilhosa graça que somos restaurados, chamados a eleição, a regeneração, a justificação, temos fé, somos santificados e entraremos na glória. Aleluia!* Não tem como você olhar para si e não ser constrangido por tão maravilhosa graça, e não sentir-se humilhado e ao mesmo tempo grato por ser escolhido para tamanha benção dada por Deus. Para concluir gostaria de citar parte de uma música que resume tudo isto. Quebrantado, canção da Vineyard Brasil:

“Imerecida vida de graça recebi Por sua cruz da morte me livrou. Trouxe-me a vida. Eu estava condenado. Mas agora pela cruz eu fui reconciliado.”
____________

* Algumas outras referências bíblicas sobre graça estão em: Sl 63:3; Is 60:10; Rm 3.24; Rm 4:16; Rm 5:20; 1Co 15:10; 1Tm 1:14; Tt 2:11 e Tt 3:7.

P.S. Recomendo a leitura da obra "O ser de Deus e Seus Atributos". Autor: Heber Carlos Campos. Este livro é extremamente recomendável, dentre os atributos divinos a Graça é um deles, pois Deus é gracioso em si mesmo. Parte de seu conteúdo foi usado como referência bibliográfica para este artigo.

Nenhum comentário: