1509725595914942

8 de jan de 2015

Chamados para vencer o mal com o bem


Por Wallace Jaguaribe

"Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem."
Romanos 12:21

Este é um dos maiores desafios do cristão - vencer o mal com o bem. O mal é alimentado pelo mal. O bem é o antídoto para a intoxicação maléfica. A arma mais eficiente contra o mal é o bem.

É por isso que não podemos usar as armas da carne, da natureza humana pecaminosa, para enfrentar o mal. Se o fizermos estaremos colaborando para que a natureza humana perversa aflore. Ao contrário disto, as ordens que o cristão deve seguir são: "Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam." Lucas 6:28; "despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca." Colossenses 3:8; "Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas. O qual não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano. O qual, quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente;" 1 Pedro 2:21-23;

O cristão é caracterizado exatamente por andar na contra-mão do mundo caído. Por isso, as ordens de Jesus são tão difíceis de serem entendidas e praticadas pelos que não são ramos da Videira. Observe o que Jesus ensinou: "Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;" Mateus 5:44.

O cristão é uma vitrine expondo o Cristo. Uma carta aberta onde Cristo pode ser lido. Por isso, o apóstolo Paulo ensinando ao Colossenses, no capítulo três, versos 12 ao 14, sobre a vida do cristão, faz as seguintes exortações: " Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição." As pessoas sentirão o cheiro de Cristo nas nossas ações, palavras e pensamentos, ou sentirão o odor da natureza humana pecadora.

Jesus usou a figura da luz para ilustrar o papel influenciador que devemos exercer no ambiente onde estivermos. Ele usou as seguintes palavras: "Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus". Mateus 5:14-16.

Não fomos chamados para maldizer, mas para bendizer. Não fomos chamados para maltratar, mas para tratar bem, até mesmo aos que venham a nos maltratar. Não fomos chamados para receber, mas para dar. Não fomos chamados para sermos visitados, mas para visitar. Não fomos chamados para recebermos atenção, mas para darmos atenção. Não fomos chamados para exigirmos que nos façam o que almejamos receber, mas que façamos aos outros o que queremos receber. Não fomos chamados para sermos servidos, mas para servirmos.

Nenhum comentário: