1509725595914942

20 de nov de 2014

Teologia é bem mais importante do que dizem por aí


Por Pedro Pamplona

A igreja em Colossos estava cercada de teologia. Péssima teologia. Naquela época quatro tendências assolavam a igreja cristã: o gnosticismo, o legalismo, o misticismo e o ascetismo. Na cidade dos colossenses predominavam as religiões helênicas de mistério e o culto ao imperador romano, além de sinagogas judaicas. Nesse meio urbano altamente religioso surgiu uma heresia perturbadora para a igreja cristã. Essa era a preocupação de Epafras, companheiro de Paulo e natural de Colossos. Ao levar o problema para o apóstolo, Epafras o motiva a escrever a carta aos colossenses com uma boa teologia cristã contra os maus ensinamentos da cultura da cidade. Muito se especula, mas não se sabe ao certo qual seria a heresia que rondava os colossenses. Pelo seu caráter singular e misterioso muitos a tem chamado de a Heresia de Colossos. Sobre ela o Dr. Augustus Nicodemus comenta:

"Ela deve ter sido de origem judaica e começado nas sinagogas. No entanto, era sincrética, pois absorvia e incluía elementos de outras religiões. Também continha elementos cristãos, visto que falava a respeito de Cristo, da salvação e de Deus. Havia incorporado ainda elementos de crenças pagãs, especialmente das religiões de mistério – e, em particular, ideias que mais tarde dariam origem ao gnosticismo. Ao fazer isso, absorveu também o conceito grego do dualismo, que era muito comum naquela época

O cenário teológico não era nada bom. Paulo percebeu o grave problema e escreveu a carta para combater essa heresia com boa teologia. Aliás, teologia é bem mais importante do que dizem por ai. Vejamos a oração de Paulo no capítulo 1:

Por essa razão, desde o dia em que o ouvimos, não deixamos de orar por vocês e de pedir que sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual. E isso para que vocês vivam de maneira digna do Senhor e em tudo possam agradá-lo, frutificando em toda boa obra, crescendo no conhecimento de Deus e sendo fortalecidos com todo o poder, de acordo com a força da sua glória, para que tenham toda a perseverança e paciência com alegria, dando graças ao Pai, que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz. Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados. (Colossenses 1:9-14)

Cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual

Paulo está orando por teologia, uma boa teologia. Seu desejo é que os colossenses sejam cheios do conhecimento de Deus e da sua vontade, ou seja, teologia. Não temos, felizmente, como escapar dela. Paulo sabe que todo cristão é um teólogo nesse sentido. E ele sabe ainda mais: que se você não for um bom teólogo será um mau teólogo, e isso pode destruir uma igreja. Num ambiente rodeado de perigosa heresia a boa teologia era o principal pedido de paulo. É isso mesmo, Paulo está orando por teologia! Mais do que por unidade, mais do que por amor, mais do que por paz. Ele sabe que sem o conhecimento de Deus essas coisas são inúteis. Você já orou por boa teologia ou tem falado mal dela?

Para que vocês vivam de maneira digna do Senhor e em tudo possam agradá-lo, frutificando em toda boa obra

O primeiro objetivo da boa teologia é a glória de Deus. E como o glorificamos melhor? Vivendo de maneira digna e agradando-o. Não podemos agradar alguém sem conhecê-lo. Muitas boas intenções são desperdiçadas por más teologias. O desejo de Paulo é que a igreja de Colossos agrade a Deus da maneira correta. É importante lembrar que a consequência de uma boa teologia num coração regenerado é uma vida que frutifica em boas obras. Boa teologia se manifesta em uma vida piedosa. Como está a sua?

Crescendo no conhecimento de Deus e sendo fortalecidos com todo o poder, de acordo com a força da sua glória

Um cristão está em constante crescimento para estar mais parecido com Cristo. Para ter mais conhecimento de Cristo. A teologia é importante para o crescimento saudável da igreja, fortalecendo o homem não pela força humana, mas por aquele que está na glória de Deus. Paulo está clamando por esse crescimento para a igreja dos colossenses e sabe que uma boa teologia serve como alimento sólido para o crente. Você tem gasto mais tempo com boa teologia ou criticando as más?

Para que tenham toda a perseverança e paciência com alegria

Além de crescimento uma boa teologia gera um crescimento seguro e alegre. A teologia é importante para manter a raiz da igreja forte e inabalável. Aquela péssima teologia da heresia de Colossos acabaria com a igreja se não fosse combatida. Por outro lado, a teologia de Paulo fortificou a igreja e a protegeu da apostasia. Nós devemos muito aos bons teólogos cristãos. Você tem agradecido por eles ou apenas desprezado-os?

Dando graças ao Pai, que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz.

A boa teologia gera humildade e gratidão, pois aponta para o Deus triúno como o único salvador e sustentador soberano. Ela nos protege da arrogância destrutiva em que o corpo de Cristo pode entrar. Muitos falam contra a teologia afirmando que ela gera crentes arrogantes, mas a culpa não é dela e sim do coração endurecido do homem. Na verdade, aqueles que são contra a teologia caem na arrogância quando dizem não a necessidade do conhecimento de Deus. A verdadeira humildade está em conhecer mais a Deus e dar graças somente a Ele. O conhecimento de Deus humilha o nosso.

Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados

Finalmente, toda boa teologia está alicerçada numa única coisa: na obra redentora de Jesus Cristo na sua vida, morte e ressurreição. O evangelho verdadeiro é o centro. A cruz é o ponto de partida de toda boa teologia. Nosso fundamento é Cristo! Jesus não é um grande teólogo, Ele é a própria teologia encarnada (Rm 14:7-11). Rejeitar o conhecimento de Deus é rejeitar aquele que foi a máxima expressão desse conhecimento.

Depois de orar por uma boa teologia Paulo apresenta aos colossenses a total supremacia de Cristo sobre todas as coisas. Esse é o nosso fundamento! Foi essa teologia que protegeu aquela igreja da perigosa heresia sincrética da época. É importante dizer que o gnosticismo, misticismo, legalismo e sincretismo ainda assolam e muito a igreja nos dias de hoje. No restante da carta Paulo está justamente desenvolvendo uma boa teologia contra esses falsos ensinamentos. A boa teologia sempre terá seu lugar de suma importância para a igreja.

A teologia destrói ou protege a igreja. De que lado você está? A teologia é bem mais importante do que dizem por aí. Pergunte aos colossenses…

Soli Deo Gloria!

________________
¹A Supremacia e a Suficiência de Cristo – Editora Vida Nova – Pag 15.

Nenhum comentário: