1509725595914942

24 de set de 2014

Família Cristã: Abra os olhos!


Por Wallace Jaguaribe


Princípios e valores são repassados por palavras e ações. Na prática são traduzidos nas músicas que se ouvem e se cantam, nos filmes, novelas e programas que se assistem, na literatura que se lê, nos ditados populares que se usa, na escolha dos entretenimentos, na maneira como se cumprimenta o próximo, no comentário que se faz sobre a atitude de outrem, enfim, no pensar, no falar e no agir no seu dia a dia.

Portanto, a família cristã deve avaliar seu pensar, falar e agir tendo como padrão o ensino bíblico. Mas, a família cristã conhece os ensinos da Palavra de Deus? E se conhece, esforça-se por praticá-la em todas as situações para que os componentes da família absorvam e reproduzam estes princípios e valores? Eis a questão.

Por exemplo: o que a família cristã deve fazer quando vizinhos incômodos precisarem de ajuda? A vontade, talvez, seja a de omitir-se, fingir não tomar conhecimento, fazer algum comentário como "aqui se faz, aqui se paga", ou algo semelhante. Mas, a Bíblia diz o que a família cristã deve fazer nesta hora: "Não torneis a ninguém mal por mal; esforçai-vos por fazer o bem perante todos os homens; se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens; Pelo contrário, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem." (Romanos 12:17, 18, 20, 21). Assim, cabe à família agir conforme determina as Escrituras e informar aos seus componentes a razão pela qual irão agir com bondade - o mandamento bíblico - e a geração seguinte aprenderá pelo agir e pelo ouvir e reproduzirá o comportamento.

Então, conhecer a Bíblia para retirar dela os princípios de Deus para o nosso dia a dia é imprescindível. Pois, podemos estar ensinando na prática princípios que não aprovamos na teoria - princípios não cristãos.

Abra os olhos, família cristã, e veja o que está transmitindo à próxima geração:

a) Você está valorizando a frequência à igreja? Pois o princípio bíblico é: "Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns;" O descumprimento deste princípio repassa a ideia de que a reunião com o povo de Deus não é importante. Mesmo que com palavras a família diga o contrário. Pois, as ações falam mais alto do que as palavras.

b) Está valorizando a meditação diária na Palavra de Deus? Pois, o Salmo primeiro afirma "Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite". 

c) Está evitando filmes, novelas, ou programas que incentivem o que é impuro ou injusto aos olhos de Deus? Pois o Senhor afirma "Não porei coisa injusta diante dos meus olhos;" (Salmo 101:3) e ainda " Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento" (Filipenses 4:8).

A lista é muito extensa e não há espaço aqui para tanto. Mas, a família cristã deve ensinar o amor a Deus sobre todas as coisas. Deus em primeiro lugar, tudo o mais vem depois. A família cristã também deve amar o próximo como a si mesma. Tudo que se quer receber deve-se praticar com os outros. 

Família cristã, você está treinando a geração que Deus colocou sob seus cuidados. Abra os olhos, e veja bem os valores e princípios que está repassando, pois de tudo Deus lhe pedirá contas. 

“A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.”

Romanos 13:8-10