1509725595914942

9 de out de 2014

O que é o que não é o Evangelho


Por Luciana Barbosa


Consequentemente, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo. Romanos 10.17

Quando pensamos ou falamos a respeito de missões, logo enxergamos a evangelização, o Ide que o Senhor Jesus nos ordena em Marcos 16.15: ‘E disse-lhes: "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas”. Pensando nisso, analisamos como os cristãos tem apresentado o evangelho as pessoas. Qual o tipo de evangelho que está sendo apresentado? Lembrando-me de alguns casos que presenciei, resolvi escrever sobre o que é e o que não é o evangelho, tendo por base a Escritura Sagrada.

O que não é o evangelho

Palavras de efeito, frases prontas ou jargões. Exemplos: “você é vitorioso"; "você é cabeça e não calda"; "você é filho do Rei; nasceu pra vencer". Isso não é nem nunca foi evangelho, pois é algo vindo do homem e centrado no homem. Poderíamos classificar isto como auto ajuda. Quando observamos o apostolo Paulo em suas cartas o evangelho de Deus é Cristo e este crucificado. O centro é Cristo, a glória é somente de Cristo. Em 1Corintios 2.2-5 Paulo nos diz: 

“Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado.E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor. E a minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder;Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.

A frase mais utilizada na evangelização é: “Jesus te ama”. No entanto, não devemos e nem podemos frisar apenas o amor de Deus, visto que, antes dEle amar o homem, Ele ama a si mesmo e seu amor não supera Sua santidade e justiça. Muitas pregações são negligenciadas por medo de ferir o povo e pra isso não acontecer é preferível iludi-los e distorcer a palavra dizendo que Deus os ama sem mostrar também o que Ele também exige dos seus filhos, leia (Mc 10.17-23; Hb 12.6) Deus é amor e justiça.

Outro grande erro está em confundir o evangelho com o moralismo. Como assim? Uma pessoa pergunta: “Como faço para ser crente ou o que preciso fazer para ser crente?” E o crente responde: “Pare de fumar, beber, se drogar, dançar; você fazendo isso passa a ser crente, é só deixar de fazer o que fazia de errado e pronto”. Ora, isso é evangelho ou vida correta? Podemos afirmar que o moralismo é a consequência do evangelho e não vice-versa. Existem tantas pessoas corretas que não são cristãs, pois, não tem Cristo como senhor e salvador.

Agora, se o que foi citado acima não é o evangelho, então, o que é o evangelho?

O evangelho é mostrar o que a Escritura diz

Somos pecadores - Com a queda de Adão (representante de toda raça humana), toda a humanidade é afetada; toda a humanidade encontra-se morta em delitos e pecados. O homem é incapaz de salvar a si mesmo (Gênesis 6.5; Jeremias 17.9, Romanos 3.10-18).

Deus nos da vida - Porque o homem é morto no pecado, ele é incapaz de iniciar uma resposta a Deus, portanto, o próprio Deus chama pessoas para a salvação, sem elas terem méritos diante de Deus (Romanos 8.29-30; 9.11, Efésios 1.4-6, 11-12) porque o homem é incapaz de responder e nem quer, devido ao pecado.

Jesus expia os pecados - Porque Deus determinou que pessoas seriam salvas como resultado da divina escolha. Ele determinou que Cristo morreria pelos Seus, isto é, todos a quem Deus chamou e por quem Cristo morreu serão salvos (Mateus 1.21, João 10.11; 17.9, Atos 20.28, Romanos 8.32, Efésios 5.25).

Ninguém resiste ao chamado de Deus - Aqueles a quem Deus chama, Ele torna o homem disposto a se aproximar dEle. Quando Deus chama, o homem responde (João 6.37, 44; 10.16).

Deus guardará até o fim – Aqueles exatamente a quem Deus chamou e atraiu a Si mesmo através do Espírito Santo irão perseverar na fé. Nenhum dos que Deus escolheu serão perdidos; estão eternamente seguros (João 10.27-29, Romanos 8.29-30, Efésios 1.3-14).

Que o Todo Poderoso nos dê firmeza ao pregarmos Sua Palavra e que não venhamos negligenciá-la, antes, sermos fieis até o fim, até porque, a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Nada além da Palavra de Deus.

Assim, como já dissemos, e agora repito, se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja anátema. Gálatas 1:9.
______________________
Referência bibliográfica:Manual do evangelista (Joelson Gomes)